Blog do Chico Maia

Acompanhe o Chico

Ira cruzeirense contra Mano Menezes, Lenon e outros jogadores

CRU

Em foto do SuperFC, Sassá, que estreou na derrota em Campinas.

Que vossas excelências do blog me perdoem, principalmente os cruzeirenses, mas ontem foi impossível escrever aqui, por questões técnicas. Nem falei ainda da derrota do Cruzeiro para a Ponte Preta. Este ano está “osso” para os nossos times no Brasileiro. O Galo vai mal na quarta e o Cruzeiro idem na quinta. Bons tempos como até em 2014 quando brigavam por títulos nacionais e internacionais.

Sobre o jogo contra a Ponte, destaco o que escreveu o cruzeirense insuspeito Claytinho do Nova Vista – BH, bravo com o treinador e vários jogadores:

* “É Chico…

Tô achando que é Deus operando, pra você não ter atualizado o Blog ainda com o post sobre aquele lixo de jogo de ontem do Cruzeiro viu… Porque senão, seria bem capaz de eu já ter escrito muita mer…. aqui viu… Pelo amor de Deus naquele Mano…

Ontem ele foi no mínimo, pra não xingar até a terceira geração dele, um irresponsável !!! Ele simplesmente afrontou toda Torcida Cruzeirense com aquela escalação. O time vem de duas ótimas apresentações, onde em 06 pontos só conquistou 01 aí tem a chance de pegar um adversário mais fraco na sequência, onde seria mais do que obrigação ele brigar pelos 03 pontos, aí o Mano faz aquela palhaçada. Pontos preciosos que não voltam mais. Aumentou a pressão sobre o time que agora pega o bom time do Coritiba em casa, com o moral abalado por mais essa apresentação pífia. Mais uma pra conta do Mano.

Agora aqui… Quem falou que esse tal de Lenon é jogador de futebol ?? Um cara como esse, não seria titular nem no meu antigo time de várzea. Lixo total !! Ameba pura !! É por essas e outras que eu sou a favor do Ministério Público fazer uma investigação minuciosa nas Categorias de Base do Cruzeiro. Porque não tem lógica não existir lá, pelo menos uns 05 laterias melhores que esse lixo do Lenon. E aquele Bryan ?? Ahhhh…. Me ajuda aí… Na Copa São Paulo ano passado tinha o Vitinho, um lateral esquerdo que se bobear é melhor até mesmo que o titular Diogo, mas o cara não é nem relacionado. Aliás, nem sei se já o subiram pro profissional. Porque a gente não ouve mais nem falar nele. Então, é bem provável que exista sim muita mutreta nos bastidores, envolvendo empresários, interesses, que a gente nem fica sabendo.

Mais um ano perdido !! O Cruzeiro com esse Mano “nunca” vai conquistar nada que preste na vida. Esse ano de 2017, já está sendo e terminará como mais um ano perdido. E outra vez, lá vai nós de novo pegar firme com Deus pra alcançar os 46 ou 47 pontos logo… E desta vez, por culpa maior desse irresponsável desse Mano.

Mano, já te agradeci por nos ajudar e muito em 2015 e 2016, você foi bem pago pra isso e deu o resultado que precisávamos naquele momento. Mas agora, obrigado, mas someeeeeee do Cruzeiro !!!!!”

* Por Claytinho do Nova Vista – BH


Com este futebol o Atlético não pode esperar nada de bom neste brasileiro

CAMSPO

O Atlético no Horto contra o Sport de Vanderlei Luxemburgo no banco e André no comando do ataque. Um time fraco, com oito pontos na classificação, brigando para não ser rebaixado. Aos 16 minutos, Oswaldo fez 1 a 0 para o time pernambucano e o Adalton, comentarista do blog escreveu: “Chico…estou vendo o jogo Galo x Sport. Nao dá. O time nao marca. Toma gols bobos em casa. Por favir, peça isso pela torcida/. O time tem que saber marcar.. Senao vai dusputsr pra nao cair.”

Nos erros de digitação a demonstração da raiva que ele passava no momento, com toda a razão.

Aos 21 o zagueiro Felipe Santana empatou, mas o time continuava sem brilho algum. Aos 39 Fred virou, mas o futebol nada empolgante continuou. Um amontoado, passando aperto com uma defesa vacilante, meio campo que não marca, que não cria e por conseqüência um ataque inoperante.

Veio o segundo tempo e Diego Souza empatou, de pênalti, cometido pelo Victor, depois de mais uma falha do sistema defensivo. Dois minutos depois, Lenis, perdeu a chance mais clara do jogo, na cara do Victor, de fazer 3 a 2.

Para conferir se eu é que não estava sendo ranzinza em minha avaliação do time, fui conferir o que diziam alguns companheiros bons de serviço. Lá de São Paulo o Milton Neves‏ @Miltonneves alertou: “Galo, Galo… com um time desses não pode jogar esse futebolzinho. Vamos chacoalhar a coisa aí, Galo doido”

Vinicius Grissi‏, agora na Rádio Transamérica escreveu: @ViniciusGrissi “Sport jogou melhor no primeiro tempo. Atlético teve dificuldade pra sair jogando e Robinho como extremo segue produzindo zero.”

Henrique André, do Hoje em Dia: @ohenriqueandre “Fábio Santos segue mal. Precisa de uma sombra, ou de um tempinho para recuperar o bom futebol. Não esqueceu como jogar…”

Héverton Guimarães‏, da Band, citou o único fato positivo: @hevertonfutebol “Cazares faz o futebol parecer muito fácil.”

E Vinícius Dias arrematou:‏ @dias_vinicius_”Hoje, Atlético é um time que não convence nem vence. Nem desempenho nem resultado. Bem mais discurso que futebol.”

Nem a entrada do Luan conseguiu dar um alento. Fred mal demais, Otero irreconhecível, enfim, um Galo desfigurado, sem nada para elogiar. Aliás, tem sim: a torcida, como sempre, que só vaiou depois que o jogo acabou. E jogadores ainda sairam reclamando da arbitragem, sem razão.

Assim, realmente, não dá pra esperar alguma coisa boa neste campeonato.


Neste país da falta de respeito, Palmeiras dá um bom exemplo e promete ressarcir torcedores do Galo, prejudicados pela falta de visibilidade no estádio dele

GALOSAMPA

E outro ótimo exemplo: graças a uma reclamação formal da Galosampa, associação de amigos do Atlético em São Paulo. Está nessa reportagem do Frederico Ribeiro no Hoje em Dia:

* “Falta de visibilidade: Palmeiras irá ressarcir até 1,2 mil atleticanos visitantes do Allianz Parque”

Frederico Ribeiro – fmachado@hojeemdia.com.br

O confronto entre Palmeiras e Atlético no dia 4 de junho, pela 4ª rodada do Campeonato Brasileiro, causou desconforto e revolta em alguns torcedores do Galo que assistiram o jogo do Allianz Park. Uma proteção de vidro colocada pelo time paulista no setor visitante, com o reflexo do sol, ocasionou péssima visibilidade da partida.

Eis então que o Palmeiras recebeu reclamações por meio da Ouvidoria do clube, principalmente vindo do consulado do Atlético em São Paulo, a ‘GaloSampa’, e respondeu à reclamação com uma atitude, no mínimo, nobre. Promete analisar cada caso dos torcedores que entrarem em contato e, assim, fazer o reembolso do ingresso.

Cerca de 1,2 mil torcedores do Atlético visitaram o Allianz no 0 a 0, segundo consta no borderô da partida, no site da CBF. 616 alvinegros pagaram R$ 110,00 no ingresso, e outros 584 compraram a meia-entrada do mesmo setor Sul por R$ 55,00. Se todos os torcedores forem reembolsados, o Verdão irá pegar R$ 99.880,00 da renda e devolver ao bolso dos visitantes.

Para entrar em contato com o Palmeiras e solicitar o reembolso, o torcedor que esteve no duelo da 4ª rodada precisa mandar um email para ouvidoriasocial@palmeiras.com.br, anexando as seguintes informações na mensagem: Nome, CPF, Banco, Conta Corrente, Agência e, é claro, a cópia do ingresso da partida.

http://hojeemdia.com.br/esportes/falta-de-visibilidade-palmeiras-ir%C3%A1-ressarcir-at%C3%A9-1-2-mil-atleticanos-visitantes-do-allianz-parque-1.537162


Finalmente o América vence e convence. Vitória sobre o Santa Cruz foi animadora. Inter continua patinando.

AFC

Foto: SuperFC

O Coelho mandou no jogo o tempo todo; aliás, muito bom jogo, contra um adversário respeitável, concorrente direto a uma das vagas da Série A 2018. Antes eu dizia “três” vagas, pois achava que o Internacional fosse atropelar todo mundo da primeira à última rodada e teria acesso 100% garantido. Porém, o Colorado está em “voo de galinha”, numa campanha totalmente abaixo do que se previa. Empatou em casa ontem, com o Paraná, o que arrancou o seguinte comentário do Diogo Olivier‏, da RBS/Globo: @diogo_olivier  “Daqui a pouco, no @bomdiarbstv, o empate medonho do Inter…”.

O terceiro empate e fora, sexto lugar, com 14 pontos em nove jogos. O América subiu para o novo lugar, com 13 pontos.

Outra boa novidade do Coelhão é que o Mateuzinho, voltou a “dar o ar da graça”. Jogou muita bola e ainda fez o gol da vitória sobre o Santa. Desse jeito, dá pra acreditar que o time do Enderson Moreira brigará por uma das quatro vagas.


Um dos principais jornais da Argentina indica Minas Gerais, com destaque para Belo Horizonte, Ouro Preto, Tiradentes e Congonhas

MINEIRAO

El Estadio Minerao de Belo Horizonte, una de las sedes del último Mundial de Fútbol./Imagen: Setur Minas Gerais

***

Foi no caderno de Turismo do Página12, domingo, dia 18. Ótima reportagem de Sebastián Benedetti, sobre a nossa Capital e outras preciosidades mineiras. Pelo que escreveu, o jornalista ficou absolutamente surpreso, positivamente, com Minas, já que quase apenas as praias do Rio são conhecidas como destino turístico do Brasil, lá fora. Muito legal e quando eles “descobrirem” outras riquezas nossas, como Diamantina, Conceição do Mato Dentro, Serro nossas tantas Serras, cachoeiras, o Norte, o Sul, Triângulo, regiões do Mucuri, Rio Doce, Jequitinhonha, Lago de Furnas, as nossas comidas e bebidas típicas, enfim . . . verão que somos um país à parte, muito especial, bom demais da conta.

Confira o Página12 e que o Sebastián Benedetti e outros colegas argentinos voltem por essas bandas para conhecerem e divulgarem mais:

* “BRASIL> Belo Horizonte, Ouro Preto y Tiradentes”

El oro de Minas Gerais

Partiendo desde Belo Horizonte y su impronta moderna, un viaje a través de los pueblos dorados y su arte del siglo XVIII. De las curvas de Oscar Niemeyer a las esculturas de Aleijadinho, y de Ouro Preto a Tiradentes, otra cara brasileña signada por la vanguardia y la historia. 

Por Sebastián Benedetti 

Exageremos un poco: si los bandeirantes portugueses se adentraron hace siglos en el interior de Brasil en busca de riquezas –después de pasar décadas anclados en el poderoso litoral– ahora hacemos algo parecido. En un plan mucho más liviano pero también buscando nuestra recompensa. Sorteando el inevitable lugar común que resume Brasil=playa, trazamos un viaje por Minas Gerais, centro neurálgico de aquella fiebre del oro brasileña, que tiene una vida histórica y culturalmente encantadora. Haciendo eje en Belo Horizonte –capital del estado de Minas, unos 450 kilómetros al noroeste de Río de Janeiro– iniciamos un recorrido con subidas y bajadas que nos lleva a caminar por los pueblos más cautivantes de la historia colonial del país. Allí donde el siglo XVIII vio estallar el boom dorado en la región, y las bellas iglesias unieron lo intrincado de la pintura y la escultura barroca con el oro omnipresente.

(mais…)


“Este 3 a 3 de Cruzeiro e Grêmio foi o melhor jogo do campeonato até agora…”

CRUGREMIOQUEJOGO

O portal do Sportv destacou a qualidade do jogo e quem disse o título deste post foi o comentarista Diogo Olivier, um dos mais respeitados da imprensa gaúcha, das redes RBS e Globo. E ele disse mais: @diogo_olivier : “. . . Nível Champions, lá e cá, intenso, com 31 finalizações no total.”

E o Diogo não comete nenhum exagero quando compara esta partida com uma da Champions, bem caracterizada pelo “lá e cá”, tanto em casa quanto na casa do adversário.

O companheiro Thiago Nogueira‏, do Super Notícia e O Tempo, concordou com a alta qualidade do espetáculo, ao escrever: @thiagonoggueira: “Por mais Cruzeiros x Grêmios no campeonato. Brasileirão tem potencial pra mais jogões…”

É o Grêmio que tem tido mais essa coragem atualmente, de jogar o “láa e cá”, seguido pelo Corinthians. Não toma conhecimento se está em seu estádio ou no do adversário.

Esta noite no Mineirão o Cruzeiro só passou a acreditar em si mesmo depois que levou o segundo gol. Viu que não tinha outra opção que não fosse partir pra cima e equilibrou o jogo, tornando o confronto sensacional. O segundo tempo então, não deixava o espectador piscar com facilidade, coisa rara no futebol brasileiro nos últimos tempos.

O time gremista é um todo, com destaque para Luan, que destoa positivamente. O Cruzeiro teve pontos que influenciaram negativamente em seu desempenho neste empate: o goleiro Fábio, o lateral Diogo Barbosa e o técnico Mano Menezes, que teve uma recaída em seus excessos nas reclamações contra a arbitragem. Parecia que estava em jogo do Campeonato Mineiro. Esbravejou tanto, que foi expulso, ainda no primeiro tempo. E arrancou um comentário duro de outro grande jornalista, conterrâneo dele, o Sérgio Xavier Filho, do Sportv, que twittou: @sxavierfilho:

* “O mesmo Mano que arma um ótimo Cruzeiro contra o Grêmio é o treinador do chilique. Está coadjuvante hoje, assiste pela TV o jogão…”.

Pois é, Grêmio e Corinthians, fazendo o “simples”, sem grandes estrelas, com times “bons e baratos”, que fazem lembrar o Cruzeiro de 2013/2014, deverão brigar até o fim pelo título deste ano.


O Galo se virou e atingiu o objetivo. Se não for na bola é na raça como nesta vitória no Morumbi

CAZARES

O jornalista Frederico Ribeiro‏ informou via twitter @Fredfrm, que Cazares chegou aos 16 gols pelo Atlético. Passará Dátolo (18) para ser o 2° maior artilheiro estrangeiro do clube, ficando atrás só do Pratto, que marcou 42.

O jogo foi de razoável para fraco. Atlético e São Paulo mostraram as suas graves deficiências e até nos erros se equivaleram, com o Galo se beneficiando no segundo gol. Aos 35 do segundo tempo, Luan cruzou errado, o zagueiro Lucão ao tentar tirar, pôs a bola nos pés do Rafael Moura que não perdoou e fez o segundo gol do Galo. O primeiro foi um golaço do Cazares, no início do jogo, em chute de fora da área bem ao estilo dele. O empate do São Paulo, aos 45 segundos da etapa final, contou com o desacerto da zaga, que tomou uma enfiada de bola, do Junior Tavares para o Marcinho. Mas o início da jogada teve a colaboração do lateral Alex Silva, que foi recuando, recuando, até o Tavares dar o passe.

Valeu pelo resultado e por Luan ter conseguido jogar quase todo o segundo tempo. A simples presenaça dele em campo já melhora bastante o rendimento do time.


Nem a tecnologia evita dúvidas e polêmicas na arbitragem da Copa das Confederações

RUSSIA

Começou a Copa das Confederações, na Rússia, com bons jogos. Mas o bom uso da tecnologia foi a maior novidade neste domingo. Portugal marcou um gol em impedimento no México e imediatamente o árbitro argentino Néstor Pitana foi avisado e não validou. Foi um lance muito claro, sem margens para polêmica.

Porém, no Chile x Camarões, último lance do primeiro tempo, 0 a 0, o que seria gol dos chilenos gerou polêmica. Até os comentaristas do Sportv questionaram a anulação do gol pelo apitador Damir Skomina, da Eslovênia. Para Mauricio Noriega e Muriciy Ramalho, não houve impedimento, pois teria sido “mesma linha”. Jogadores do Chile reclamaram muito. Também fiquei na dúvida mas prevalece o que os homens do vídeo determinam.


Um bom exemplo para explicar a péssima campanha do Galo no Brasileiro

DORMINDO

É grande a discussão em torno da falta de rendimento minimamente satisfatório do time do Atlético, comandado por Roger Machado. E quem é o maior culpado? O treinador, os jogadores, a diretoria ou os três juntos?

Na imprensa, ninguém deu uma explicação que convença, dessas que nos faça mudar de opinião ou rever um pensamento sobre o assunto. O Dr. André Pelli, Delegado de Polícia, me enviou esta imagem e estes comentários, que dão a melhor luz sobre essa discussão. Pena que não tenha vindo o nome do “comentarista”, para que eu o cumprimentasse nominalmente.

Em exemplo de um único jogador, acompanhando alguns lances dele, matou a charada: descompromisso!

Claro que o Carioca não é o único, mas o treinador e a diretoria precisam detectar essas coisas e chamar os descompromissados às falas. Ganham muito dinheiro para apenas passear em campo.


Mineiro que mora em Miami reclama que seis emissoras de rádio do Rio transmitiram a final do sub-20 e nenhuma de Minas

radios

Recebi esta mensagem no facebook, de um mineiro que reside em Miami, que merece reflexão, principalmente para os diretores e editores da mídia belorizontina:

“Juntos Num Só Ritmo”
O galinho tá jogando agora a final da copa do Brasil de sub 20 contra o urubu lá no rio e não existe nenhuma emissora de bh transmitindo ou retransmitindo a partida.
Como fiz na semana passada, mesmo a partida sido disputada no horto, estou sintonizado em uma rádio carioca. Por sinal existem 6 rádios cariocas transmitindo a final.

Por isso que esses caras vão lá do outro lado do mundo buscar craques como Felipe Santana, etc….

E a base aí, disputando final da copa do Brasil e ninguém sabe quem são os futuros ídolos do time.”

***

Para o Brasil o Sportv e ESPN mostraram o jogo, mas realmente nenhuma rádio mineira. Lamentável! Neste caso, um equívoco local.

Mas esta é uma situação muito séria que se agrava no Brasil com o futebol como um todo, principalmente envolvendo os profissionais. A imprensa brasileira, rádios, jornais e TVs, dedicam um espaço gigante, muito acima do normal ao futebol estrangeiro, em detrimento do nosso. Os clubes menores, do interior, por exemplo, inexistem para a grande mídia das capitais e maiores cidades.

E ainda reclamam e dizem não entender porque o futebol brasileiro está em decadência.


Página 1 de 98512345...102030...Última »